Terceira Seção julgará divergência sobre devolução de valores recebidos antes da desaposentadoria

Terceira Seção julgará divergência sobre devolução de valores recebidos antes da desaposentadoria

25 de junho de 2014 às 15:44

O ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), admitiu o processamento de incidente de uniformização de jurisprudência apresentado por um segurado contra decisão da Turma Nacional de Jurisprudência dos Juizados Especiais Federais (TNU) em processo que discute a devolução de valores recebidos antes da renúncia à aposentadoria.

 

O segurado sustentou que a decisão da TNU divergiu da orientação adotada pela Quinta Turma do STJ no julgamento do AgRg no REsp 926.120, quando ficou definido que “o ato de renunciar ao benefício tem efeitos ex nunc e não envolve a obrigação de devolução das parcelas recebidas, pois, enquanto aposentado, o segurado fez jus aos proventos”.

 

O ministro considerou demonstrada a divergência jurisprudencial e admitiu o processamento do incidente.

 

De acordo com a Resolução 10/07 do STJ, após a admissão do incidente e da publicação do edital no Diário da Justiça Eletrônico, os interessados têm 30 dias para se manifestar. O incidente será julgado pela Terceira Seção.

 

Essa notícia se refere ao processo: Pet 8368

Fonte: http://www.stj.jus.br

 

Copyright © 2013 - Beija & Sugijama - Sociedade de Advogados - Todos os Direitos Reservados